Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Projeto

Escrita de verbetes enciclopédicos

Objetivos
- Utilizar a linguagem oral em situações específicas de comunicação nas quais faz sentido expor opiniões, ouvir com atenção, sintetizar ideias, defender pontos de vista, contrapor. - Utilizar as convenções da escrita: maiúsculas em início de frases e parágrafos, sinais de pontuação,grafia de palavras mais conhecidas.
- Ler e escrever diversos tipos de textos: verbete de enciclopédia em situações comunicativas específicas e compreensão de suas funções sociais.
- Compreender as diferenças entre as linguagens científica e literária.

Conteúdo específico
- Leitura 
- Escrita de verbetes

Anos
3º ao 5º ano. 

Tempo estimado
Dez aulas

Material necessário
Papel sulfite, canetas, lápis de cor, enciclopédia e o livro A Outra Enciclopédia Canina (Ricardo Azevedo, 64 págs., Editora Cia. das Letrinhas, tel. 11/3707-3500, 35 reais).


Desenvolvimento 
1ª etapa
Comece o trabalho perguntando de quais animais os alunos mais gostam. Se houver um grande número de crianças que prefiram cachorro, ótimo. Caso contrário, explique que todos vão saber mais sobre os animais, começando pelos cães. E que, por isso, todos farão algumas pesquisas. Inicie um debate para poder detectar os  conhecimentos prévios dos alunos a respeito do tema. Pergunte: quem teve ou tem cachorro? Como ele é (tamanho, cor, raça)? Qual o nome? Quando e como nasceu? O que ele costuma fazer que você gosta? Indague também sobre o tipo de texto que vai ser trabalhado: Quem conhece uma enciclopédia? Quem já viu ou consultou uma? Como ela é? Para que serve? Como a gente encontra o que quer saber? (ressalte que o índice e a ordem alfabética auxiliam essa busca). Em seguida, mostre o volume de uma enciclopédia do qual conste o verbete "cães". Explique a divisão da enciclopédia em volumes e fale sobre a ordem alfabética e sobre as palavras-guias no alto da página. No verbete a pesquisar, mostre e discuta a ilustração, se houver. Depois, leia o texto na íntegra e peça  que os alunos falem sobre o que estão entendendo do assunto.

2ª etapa
Mostre como um verbete se constitui, ou seja, qual é sua linguagem específica (sem precisar usar a nomenclatura gramatical, mas refletindo sobre ela).Com a ajuda dos alunos, resuma na lousa as informações a respeito dos elementos que constituem o verbete, no caso dos alunos não terem cópia do texto. Do contrário, isso pode ser feito em duplas ou em pequenos grupos e retomado com a classe toda, depois de algum tempo reservado para a atividade. Assim, você vai propiciar um primeiro contato com a especificidade desse tipo de texto.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com dificuldades de comunicação oral)
Antecipe a atividade ou reforce-a posteriormente, pedindo ao AEE que faça com o aluno a pesquisa em outras enciclopédias e/ou no computador.

3ª etapa
Amplie os conhecimentos sobre verbetes usando um livro da literatura infantil. A Outra Enciclopédia Canina, de Ricardo Azevedo, é uma boa opção por ser um texto saboroso, crítico e também por adotar um modelo formal de verbete de enciclopédia. Mas não se prenda a esse título. Há diversos livros que podem ser utilizados da mesma forma. Faça uma leitura oral para os alunos. Comece lendo o título, contracapa, orelhas, antecipando o assunto do livro.  Faça perguntas sobre o autor da obra: quem conhece Ricardo Azevedo? Quem já leu outro livro dele? Mostre o índice e leia os nomes dos cães que constam dessa lista, copiando-os na lousa. Solicite aos alunos que encontrem os nomes de raças que conhecem e os que nunca ouviram falar. Outro questionamento estará relacionado à forma de apresentação do livro: as crianças devem perceber que os nomes das raças estão em ordem alfabética, com a indicação da página, como forma de auxiliar o leitor a encontrar o que procura de maneira ágil. Faça uma rápida eleição da raça pela qual você iniciará a leitura oral. Eleito o nome da raça, olhe no índice, agindo como modelo de leitor, leia o número da página e procure-a. Inicie a leitura em voz alta, com expressividade, sem explicar as palavras mais difíceis (ou pouco conhecidas dos alunos), esperando que eles façam perguntas, se for o caso. Feita essa leitura inicial, levante com eles a definição e as características da raça escolhida (agora, sim, procurando os termos desconhecidos em dicionários). Faça o levantamento desses elementos com eles na lousa. Na leitura dos verbetes, vá discutindo ainda as diferenças entre esse livro e um verbete de enciclopédia científica para que os alunos percebam que não se trata mais de um texto científico (ainda que na forma dele), mas de um texto literário, em que o autor, num belo trabalho de linguagem, discute as características humanas pelas raças dos cães. Ricardo Azevedo, como escritor, utiliza a forma da enciclopédia. No entanto, sua preocupação é fazer arte e não ciência. Os recursos linguísticos utilizados na elaboração dos verbetes confirmam tratar-se de texto literário: metáforas, uso de "clichês" e escolha lexical aprimorada, além de uma certa aproximação com a fábula.

4ª etapa
Concluindo o trabalho, proponha aos alunos a criação e a organização de pequenas enciclopédias, selecionando assuntos, dividindo-os por duplas, trios ou grupos, selecionando materiais necessários para a pesquisa e, por fim, elaborando os volumes.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com dificuldades de comunicação oral)
Coloque-o junto a um trio, seja claro quanto ao que é esperado do seu comportamento (por exemplo, ouvir os amigos, esperar a vez de expressar suas ideias, colaborar com sua produção).

Os verbetes produzidos pelos alunos deverão ter várias etapas de escrita:
- Pesquisas/resumos sobre o tema escolhido;
- Decisão sobre as ilustrações (haverá? Qual a técnica: desenho, colagem,pintura etc.? Quem fará? etc.);
- Primeira versão escrita e leitura pelos próprios autores;
- Revisão do texto na versão inicial, leitura de outros leitores não autores daquele verbete (portanto, outros alunos da classe);
- Nova revisão novamente, tendo em vista as sugestões dos colegas (que devem verificar se a linguagem é específica de verbete, se o assunto está bem explicado etc.);
- Leitura do professor de todos os verbetes.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com dificuldades de comunicação oral)
Peça sua colaboração também por meio de lições de casa em que a família e/ou o AEE pesquisem com ele. Ele pode levar uma ficha com informações específicas para completar sobre seu cachorro (raça, tamanho, idade, cor do pelo, comportamento) e trazê-la como contribuição para o trabalho de seu trio. O desenho e outras ilustrações dele para o livro podem ser feitos em prancheta adaptada e em papel em tamanho maior para depois serem reduzidos no computador. 

5ª etapa
Organize a elaboração da versão final de cada verbete pelos alunos e de cada enciclopédia, com capa, página de rosto, índice, ilustração, verbetes em ordem alfabética, nomes dos
autores. Planeje uma exposição das enciclopédias para outras classes da escola e para os pais. Providencie a doação das enciclopédias à biblioteca da escola ou do bairro e promova uma tarde de autógrafos.  
 
Produto final
Enciclopédia com verbetes diversos.

Avaliação
Veja se os alunos avançaram em suas capacidades de selecionar, reconhecer ideias principais, destacar informações básicas e resumir. Avalie também a ampliação e instrumentalização
do vocabulário específico de determinadas áreas de conhecimento.

 

Consultora: Alfredina Nery
Graduada em Letras e mestre em Psicologia da Educação

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.