Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

O que ensinar em Língua Estrangeira do 6º ao 9º ano

O ensino de inglês ou de espanhol deve ser focado em situações reais de uso da língua e levar os jovens a conhecer outras culturas

Elisângela Fernandes

Página de > >|
=== PARTE 1 ====
Fotos: Paulo Vitale
Fotos: Paulo Vitale

A motivação é muito importante para o aprendizado de qualquer língua estrangeira. A contextualização das informações é essencial para tornar o conhecimento efetivo e significativo. Muitas aulas, no entanto, ainda estão presas aos exercícios gramaticais. O desafio é aproximar o idioma estudado da realidade dos alunos, levando a uma nova percepção da natureza da linguagem e de como ela funciona.

"A língua estrangeira deve ser um meio de aproximar o aluno de outras culturas", defende Fátima Aparecida Teves Cabral Bruno, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). "No que se refere ao espanhol, o aluno pode conhecer, até o fim do 9º ano, alguns usos sociais do idioma, como se apresentar, e travar uma conversação básica", explica (conheça as expectativas de aprendizagem). A internet, de acordo com Fátima, facilitou o contato com outras culturas e a garotada tem acesso ao espanhol em sites de notícias, por exemplo.



O uso da língua deve vir antes da sistematização de regras

Entre as línguas estrangeiras contemporâneas, o inglês é a hegemônica, dando acesso à ciência e à tecnologia modernas, à comunicação intercultural e ao mundo dos negócios. Maria Antonieta Celani, coordenadora do Programa de Formação Contínua do Professor de Inglês da Associação Cultura Inglesa São Paulo, em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), explica que um ensino eficiente deve prever, em primeiro lugar, atividades comunicativas que tenham significado para os alunos e sejam do interesse deles (leia a proposta de plano plurianual para a área). "Só então o professor deve sistematizar informações relativas à estrutura da língua, se for necessário."

Com uma formação inicial muito focada no ensino das regras gramaticais, o professor costuma encher o quadro-negro com conteúdos e pedir que os alunos os copiem no caderno. "É uma atividade mecânica que nada representa para os jovens", afirma Antonieta. Transformar esse uso mecânico do inglês em funcional deve ser o grande objetivo dos professores também na opinião de José Olavo de Amorim, coordenador de Língua Inglesa e Assuntos Internacionais do Colégio Bandeirantes, em São Paulo. Para isso, ele sugere atividades que confiram autenticidade ao aprendizado da língua, como a leitura e depois a escrita de sites e blogs. "Lidando com assuntos de seu interesse, os jovens se envolvem e aumentam o domínio do novo idioma com rapidez."

Veja a seguir quatro situações didáticas essenciais para o ensino de Língua Estrangeira do 6º ao 9º ano.

=== PARTE 2 ====
=== PARTE 3 ====
=== PARTE 4 ====
=== PARTE 5 ====

Continue lendo

Página de > >|
Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários

 

Publicado em , Janeiro 2010. Título original: Diálogo eficiente
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.