Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Transtornos Globais de Desenvolvimento

O que é o autismo?

Paula Nadal

Foto: MARCELO MIN 
O aluno Matheus Silva, que tem autismo
e foi incluído em uma escola da rede
pública de São Paulo.

O autismo, também chamado de Transtorno do Espectro Autista, é um Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD) que tem influência genética e é causado por defeitos em partes do cérebro, como o cerebelo, por exemplo.

Caracteriza-se por dificuldades significativas na comunicação e na interação social, além de alterações de comportamento, expressas principalmente na repetição de movimentos, como balançar o corpo, rodar uma caneta, apegar-se a objetos ou enfileirá-los de maneira estereotipada. Todas essas alterações costumam aparecer antes mesmo dos 3 anos de idade, em sua maioria, em crianças do sexo masculino.

Para o autista, o relacionamento com outras pessoas costuma não despertar interesse. O contato visual com o outro é ausente ou pouco frequente e a fala, usada com dificuldade. Algumas frases podem ser constantemente repetidas e a comunicação acaba se dando, principalmente, por gestos. Por isso, evita-se o contato físico no relacionamento com o autista - já que o mundo, para ele, parece ameaçador. Insistir neste tipo de contato ou promover mudanças bruscas na rotina dessas crianças pode desencadear crises de agressividade.

Para minimizar essa dificuldade de convívio social, vale criar situações de interação. Respeite o limite da criança autista, seja claro nos enunciados, amplie o tempo para que ele realize as atividades propostas e sempre comunique mudanças na rotina antecipadamente. A paciência para lidar com essas crianças é fundamental, já que pelo menos 50% dos autistas apresentam graus variáveis de deficiência intelectual. Alguns, ao contrário, apresentam alto desempenho e desenvolvem habilidades específicas - como ter muita facilidade para memorizar números ou deter um conhecimento muito específico sobre informática, por exemplo. Descobrir e explorar as 'eficiências' do autista é um bom caminho para o seu desenvolvimento.

 

 


Na dúvida? NOVA ESCOLA responde

Compartilhe

Damaris Gomes Pinheiro - Postado em 03/04/2013 08:06:41

com as tecnologias atuais é possível se ter uma idéia mesmo na gestação da possibilidade de o bebê ter essa deficiência o que dá para o profissional médico instruir os pais na questão da sociabilidade, o autismo é uma forma da criança chamar a atenção para si ainda mais num mundo onde a correria é grande é comum vermos casos como esse,pois os pais quase não tem tempo para estar em família, aí é que entra a participação do autista pois deixa que a família se volte mais para o lar dando atenção devida aos filhos, de acordo com a personalidade de cada um, a absorção aguçada pelos números e também a informática nos dá a entender que essa deficiencia e um mal que acarretou na modernidade, assim a sensibilidade que antes era em volta de livros se voltou para a o que está mais atuante no momento e isso tem que ser trabalhado de forma a que ele se adapte ao meio em que vive mesmo nós sabendo que eles tem o seu mundo próprio, para que eles não se agitem.

Publicado em Abril 2011,
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.