Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

A leitura crítica de fontes históricas

Navegar pela diversidade de fontes, confrontar opiniões divergentes e situar a época de cada texto são estratégias certeiras para formar leitores questionadores e críticos

Daniela Talamoni Araujo Verotti

|< < Página de
=== PARTE 1 ====
=== PARTE 2 ====
=== PARTE 3 ====
=== PARTE 4 ====

Linha do tempo para realçar a ordem cronológica 

Para entender melhor a relação entre os fatos relatados, a turma lançou mão de outro poderoso recurso: a linha do tempo (leia a sequência didática). Saber que um fato veio antes do outro ajuda a esclarecer relações de causa e consequência entre acontecimentos. No caso da escola de Márcia, a linha do tempo com os pontos marcantes dos 10 anos de escola foi enriquecida com legendas explicativas e fotos de época, conseguidas com parentes e amigos. 

Recapitulando o percurso: com objetivo de abordar um acontecimento histórico com complexidade, você apresenta à turma uma diversidade de gêneros e favorece a interpretação de cada um. O trabalho, porém, não estará finalizado antes de propor a necessária amarração entre eles, questionando a moçada sobre as articulações e as relações entre os textos. Eles se contrapõem, se completam ou se reforçam? Em comparação com as hipóteses iniciais, que novidades trazem: confirmam ou refutam o que pensávamos antes da leitura? O que ainda falta para construirmos um painel abrangente sobre o assunto? 

Convide a turma a pensar em todas essas questões produzindo textos. Existem várias opções: pode ser um resumo que sistematize as informações colhidas, legendas para fotos, mapas e gráficos que situem o que as imagens mostram e pesquisas sobre aspectos nebulosos. Quando o estilo do texto é importante para a compreensão do assunto, uma alternativa é criar textos no mesmo gênero estudado - por exemplo, projetos de lei para serem enviados a parlamentos jovens (diversas cidades e estados possuem um desses). Trabalhando como autores, os estudantes seguem refletindo sobre o que leram e exercitam o poder de questionamento e a crítica, características essenciais para a análise de documentos históricos. 

Quer saber mais?

CONTATOS
Daniel Vieira Helene, dvhelene@gmail.com
EMEF Alexandre de Gusmão, R. Porto do Bezerra, 25, 08440-000, São Paulo, SP, tel. (11) 2035-6380
EMEF Professora Thereza Maciel de Paula, R. Miguel Ferreira de Melo, 262, 08390-000, São Paulo, SP, tel. (11) 2751-7340
Pedro Henrique Albergaria Raveli, pedro@vila.com.br

BIBLIOGRAFIA
Ensino de História: Fundamentos e Métodos, Circe Maria Fernandes Bittencourt, 408 págs., Ed. Cortez,
tel. (11) 3873-7111, 48 reais

Continue lendo

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
|< < Página de

 

Publicado em , Janeiro 2010,
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.