Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Projeto

Leitura e escrita de textos do gênero memórias literárias

Mais sobre Língua Portuguesa

Especiais

Conheça o trabalho do professor Antonio Oziêlton

Neste projeto de Língua Portuguesa, convide os alunos a ler e a escrever uma coletânea de memórias literárias

Alunos do professor Antonio Oziêlton de Sousa escrevem memória literárias. Foto: Drawlio Joca


Objetivos
- Ampliar a competência comunicativa, lendo e escrevendo textos socialmente relevantes sobre o trabalho com o gênero textual memórias literárias.
- Ler, ouvir, compreender e comentar textos com base no gênero memórias literárias.
- Identificar as características formais e discursivas do gênero memórias literárias.
- Planejar, produzir, reescrever, revisar e publicar memórias literárias.
- Realizar análise linguística sobre os textos produzidos.

Conteúdos
- Gênero textual Memórias Literárias.
- Leitura e compreensão.
- Produção textual.
- Procedimentos de produção, reescrita e revisão de textos.
- Análise linguística - coesão, coerência, plural, tempos verbais, transposição da fala para a escrita, uso da letra maiúscula, pronomes, pontuação, vocabulário.
Obs.: dependendo das dificuldades da turma, outros conteúdos linguísticos podem ser acrescentados ao projeto.

Tempo estimado
Oito meses.

Ano
5º ao 8º ano.

 

 

 

 

Material necessário
- Filme "Adorável Professor" (Stephen Herek, 440 min, Buena Vista Filmes do Brasil, tel. 11/5503-9900)
- Coletânea "Meu Professor Inesquecível" (Fanny Abramovich/org., 160 págs., Ed. Gente, tel. 11/3670-2500, 31,90 reais)
- Conto "Galinha ao Molho Pardo", de Fernando Sabino (1923-2004), presente no livro "O Menino no Espelho" (176 págs., Ed. Record, tel. 21/2585-2407, 34,90 reais).
- Biblioteca, acervo de livros ou textos do gênero Memórias Literárias.
- Laboratório de informática com acesso a internet (facultativo).

Desenvolvimento
1ª etapa
Como atividade introdutória, forme um círculo e distribua ao centro várias gravuras que remetam ao campo semântico da Educação. Sugira que cada aluno escolha uma imagem relacionada às suas vivências educacionais e fale sobre fatos e professores que foram importantes. Explique à turma que, nessa aula e nas seguintes, vocês vão falar sobre docentes inesquecíveis. Escolha um texto da coletânea Meu Professor Inesquecível, divida-o de acordo com os parágrafos e peça que cada estudante leia um em voz alta. Promova uma discussão sobre o texto. Proponha uma produção escrita baseada no seguinte enunciado: “É hora de recordar sua vida estudantil. Relembre os melhores momentos, os professores, os acontecimentos inesquecíveis e produza um texto utilizando suas memórias”. Durante as três atividades, inicie o mapeamento da turma com base na análise dos textos produzidos, focando o que cada um já sabe e o que necessita aprender.

2ª etapa
Pergunte à classe quais as qualidades de um bom professor. Liste as respostas no quadro. Em seguida, informe que todos assistirão ao filme Meu Adorável Professor. Ao terminar, proponha uma roda de conversa com base nas seguintes questões:
- Como se sentiram ao assistir ao filme?
- Já tinham ouvido lembranças semelhantes?
- A história lembra alguma situação que já vivenciaram?
- O que já aconteceu na vida estudantil de vocês que mereça ficar registrado?
Os alunos devem falar sobre os temas propostos e registrar as considerações nos cadernos. Divida os alunos em duplas e proponha que façam uma lista com o nome dos bons professores que conheceram, os fatos mais importantes que vivenciaram juntos e o que chamou mais a atenção durante as aulas. Com base nisso, discuta o uso da letra maiúscula. Incentive as duplas a sistematizar as regras de uso. Para finalizar, trabalhe a distinção entre memória e memórias por meio de consultas a dicionários e de uma discussão coletiva.

3ª etapa
Lance para a turma uma tempestade de ideias sobre o título da coletânea Meu Professor Inesquecível. Levante os seguintes questionamentos:
- Quem é seu professor inesquecível?
- O que ele fez de especial?
Apresente à classe o escritor Marcos Rey (1925-1999), um dos autores que participam da coletânea. Leia o texto dele em voz alta. Peça que os alunos formem duplas e conversem sobre a maneira como o professor inesquecível do autor é apresentado no texto. Todos devem listar suas considerações. Discuta-as coletivamente e vá preparando, no quadro, um panorama das características do gênero memórias literárias. Peça que os estudantes registrem as informações no caderno.

4ª etapa
Distribua vários textos de memórias de diferentes autores para que os alunos realizem uma leitura silenciosa. Divida a turma em duplas e proponha que comentem sobre o que leram, escolham o texto que mais chamou a atenção e apresentem-no oralmente aos colegas. Convide um funcionário da biblioteca escolar (ou outro professor, caso a escola não possua biblioteca) para uma entrevista coletiva. A classe deverá fazer perguntas sobre as memórias estudantis dele. Proponha que cada dupla escreva um texto sobre as memórias que ouviu, prestando atenção nas alterações que ocorrem ao transpor a linguagem oral para a escrita. O trabalho deve ser realizado da seguinte maneira: um aluno é escolhido para ser o escriba e o outro narra as memórias como se fossem dele. O escriba registra tudo no caderno e o colega ajuda a melhorar a produção. Ao surgirem dúvidas, as duplas podem recorrer aos colegas e ao professor. A ideia é que a turma vá aprimorando os textos ao longo da aula. No fim, todos devem registrar no caderno as produções coletivas.
Tomando como parâmetro essas produções, selecione alguns trechos dos textos que a turma produziu no começo do projeto. Sem especificar de quem é cada texto, analise coletivamente questões concernentes a coesão, coerência e vocabulário, fazendo as alterações necessárias e promovendo a reescrita coletiva. Chame a atenção também para aspectos relativos ao uso dos tempos verbais e dos pronomes, além de enfatizar a importância dos sinais de pontuação.

5ª etapa
Realize uma visita à biblioteca da escola. Convide um estudante a escolher um livro na seção de Memórias Literárias e realizar a leitura em voz alta para a turma. Sugira que todos escolham um texto de memórias para realizar a leitura silenciosa na biblioteca e um livro para ler em casa. Incentive os alunos a visitar a biblioteca constantemente e auxilie-os a criar esse hábito. Se a escola possuir laboratório de informática, complemente a atividade pedindo que a turma pesquise na internet informações sobre os autores lidos. Retornando à sala de aula, proponha que os alunos socializem as informações encontradas. Com base nelas, montem coletivamente uma lista com a vida e a obra de cada autor. Escolha um estudante para digitar a lista. Faça cópias dela e entregue à classe. Para finalizar a etapa, com base nelas, elabore um plano global para a produção final do tema meu professor inesquecível. Explique à classe que o texto deve ter as seguintes características: ser construído com base na vivência, ter foco narrativo e pronomes em primeira pessoa, utilizar narrador-personagem, ser uma produção com início, meio e fim e utilizar tempo e espaço apropriados ao gênero. Peça que todos registrem o plano no caderno. Lance a proposta para que cada um prepare um roteiro provisório.

6ª etapa
Inicie o trabalho com o texto Galinha ao Molho Pardo. A primeira leitura pode ser feita em voz alta pelo professor e acompanhada pelos alunos, que devem ter uma cópia em mãos. Realize uma análise coletiva dos usos dos sinais de pontuação, que pode resultar na construção de um quadro temático. Relembre todas as atividades realizadas e, de posse do material produzido pelos estudantes ao longo das aulas e do roteiro, peça que cada um comece a produção do texto final. O título deve ser Meu Professor Inesquecível. Explique que as produções vão compor uma coletânea que será apresentada à escola.

7ª etapa
Com base na produção da etapa anterior, realize um processo de revisão coletiva e outro individual. Para começar, liste no quadro problemas que permeiam a maioria dos textos, discuta-os e apresente as explicações mais gerais. Em seguida, devolva os textos e proponha que os alunos formem duplas para melhorarem suas produções. Recolha os textos, leia-os minuciosamente e anote sugestões para aprimorá-los. Entregue as produções com observações específicas para que cada um realize a reescrita individual. Leia novamente os textos e sugira os últimos aprimoramentos e as questões ortográficas que precisam ser ajustadas. Estabeleça um prazo para a entrega da versão final. Para finalizar, peça que os alunos produzam uma capa para a coletânea. Organize o livro e prepare a cerimônia de lançamento. Faça uma lista de professores, funcionários e membros da comunidade que serão convidados.

Produto final
Livro com as memórias literárias da turma.

Avaliação
Os avanços na aprendizagem precisam ser avaliados por meio da análise comparativa das produções, registro processual dos textos e dificuldades da turma e das intervenções realizadas pelo professor. Tudo deve ser registrado e organizado em um portfólio.

 

Consultoria Antonio Oziêlton de Brito Sousa
Professor de Língua Portuguesa na EEF Odilon de Souza Brilhante, em Ocara, Ceará, e vencedor do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 em 2012.

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.