Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Sequência Didática

Água e saneamento básico

Planeta Sustentável

A água que podemos consumir existe em pequena proporção no planeta. Por isso, ela deve ser preservada e seu tratamento é tão importante. Explore o tema com a turma e estimule um consumo mais consciente nos alunos

Esgoto


Objetivos

  • Identificar a água útil para consumo
  • Entender o sistema de distribuição residencial da água e a formação de esgoto.
  • Compreender que quase metade das cidades brasileiras não tem saneamento básico e qual o papel do esgoto para a saúde pública da população


Conteúdo

  • Água
  • Saneamento básico


Anos
4º e 5º anos do Ensino Fundamental

Tempo estimado
Duas aulas

Material necessário

  • Tampinhas plásticas ou botões
  • Barbante
  • Cartolina
  • Cola para plástico
  • Solução de Sulfato de Alumínio
  • Solução de Hidróxido de Cálcio
  • Funil de vidro
  • Papel filtro
  • Béqueres


Introdução
A água potável é aquela que tem qualidade para ser consumida. Sempre é incolor (sem cor), inodora (não tem cheiro) e insípida (sem sabor). Ela chega nas torneiras tratada e é captada em fontes de água doce como a Bacia Amazônica, a maior do Brasil, alimentada pelo gigante Rio Amazonas.  Embora nosso país tenha grandes reservatórios de água doce, no planeta ela não existe em grandes quantidades. Apenas 3% de toda a água do planeta é potável.

O resultado de tudo o que é feito com a água, isto é, aquilo que vai para o ralo é o esgoto.  Toda vez que usamos a torneira ou tomamos banho, por exemplo, a água e outros materiais vão s para um conjunto de tubulações até as Estações de Tratamento. Lá, o esgoto é analisado e tratado de acordo com os seus componentes: dejetos humanos, restos de alimentos e micróbios.

Nas grandes cidades, as empresas de tratamento de água têm desempenhado um papel importante para a qualidade da água  oferecida à população. De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), 90% da população brasileira tem acesso à água potável, índice semelhante ao de países desenvolvidos. Com os investimentos mais recentes, o objetivo é que até 2012 esta porcentagem aumente para 92% da população. 

Já o índice de saneamento básico é pior, 25% da população não tem acesso a este benefício ou tem com precariedade. Juntamente com a meta de distribuição de água potável, o relatório do PNUD estabelece que o saneamento básico deve ser garantido para 85,5% da população até 2015.

Situação ainda mais grave é a coleta e tratamento de esgoto: apenas 55,2% das cidades brasileiras têm coleta de esgoto e  só 1/3 fazem o tratamento do que é coletado. As pessoas que mais sofrem com essa situação vivem em  áreas rurais e regiões periféricas dos grandes centros urbanos, principalmente no norte e Nordeste. Esse é um entrave para o cumprimento das metas estabelecidas pela ONU.

Aproveite que no Ensino Fundamental 1 as crianças precisam ser despertas para uma atitude curiosa e questionadora e use experiências práticas para estimular o cuidado com a água que consomem em casa e na escola. Ainda não é o momento para respostas mais complexas, que serão entendidas nos anos seguintes. Mesmo assim, fique atento para que as dúvidas das crianças sejam respondidas da maneira correta.

Leia mais Gasto de água na indústria e na agropecuária
Leia mais Série de planos de aula sobre água

Desenvolvimento
Aula 1
No quarto e no quinto ano, as crianças ainda não têm uma noção exata de proporcionalidade. Quando dizemos em 100% elas podem até entender que isso corresponde à totalidade de alguma coisa. Mas quando os números são distantes de 0, de 50 ou de 100, elas apresentam dificuldade. Para que os alunos entendam que apenas 3% da água disponível na Terra é potável, faça um experimento prático.

Peça que tragam tampinhas plásticas ou botões de roupa. Divida a classe de tal maneira que você tenha 100 tampinhas ou botões. Se puder, fure as tampinhas.Uma vez de posse desse material, separe 97 tampinhas ou botões para simbolizar a água salgada da Terra. As outras 3 peças vão simbolizar a água doce . Nessa separação escolha 3 peças que sejam da mesma cor. Se não houver essa possibilidade providencie uma maneira de identificá-las (pintura ou fita adesiva colorida são os mais indicados, o importante é que estas três estejam diferentes das demais). Nesse momento é hora de discutir com os alunos como a água adequada para o consumo existe em pouca quantidade. Pergunte como consomem a água em casa e explique que, embora o Brasil tenha uma reserva grande de água potável, a escassez deste recurso é um problema que, provavelmente, enfrentaremos no futuro. O que eles fazem para economizar água? O que pode ser feito? Ouça as respostas e corrija alguma informação, explicando alternativas à turma.

Se as tampinhas estiverem furadas você poderá colocá-las em um barbante e formar um varal. Lembre-se de separar as 3 tampinhas das demais 97. Se não houver possibilidade de furar as tampinhas, elas poderão ser coladas em uma folha de cartolina. Como os botões já são furados, é mais fácil utilizar o barbante.

Aula 2
Essa aula é importante para os alunos se conscientizarem do trabalho que é feito nas estações de tratamento de água. Misture um pouco de água com terra de jardim ou combine com o pessoal da limpeza do colégio não jogar a água suja fora por um dia - mas tenha certeza que a água estará bem suja!

Divida a sala em pequenos grupos de trabalho e separe um pouco dessa água suja para os grupos, em torno de 100 mL. Pingue 10 gotas de solução de Sulfato de Alumínio e espere alguns segundos. Logo depois pingue 10 gotas de Hidróxido de Cálcio e espere o resultado. As partículas de sujeira vão se aglutinar e, como serão mais pesadas que a água, irão decantar no fundo do recipiente.

Prepare em um recipiente uma filtração com um funil e um papel filtro. Peça aos alunos que despejem a água do recipiente tomando cuidado para não virar junto com a sujeira que se decantou no fundo. Recolha essa água filtrada em outro recipiente e compare as cores. Ao longo da atividade  tire fotos do trabalho dos alunos e dos resultados obtidos. Com essas fotos monte um mural  e peça que os alunos identifiquem as etapas e expliquem o que está acontecendo em cada uma delas.

Durante o experimento, faça relações com o funcionamento do sistema de tratamento do esgoto. Explique que a água que consumimos é encaminhada até estações onde serão tratadas. Mostre como a sujeira se acumula no fundo do recipiente e diga como é importante que os dejetos que ficam na água que consumimos sejam tratados, em vez de ficarem expostos ou serem jogados nos rios. Diga que este tipo de atitude prejudica o meio ambiente e também a nossa saúde.

Avaliação
Observe se os alunos compreenderam que há pouca água potável no mundo. Conversando com a turma e pedindo alternativas para diminuição, perceba se entenderam como a preservação deste recurso é importante. Veja também se a experiência com a água suja fez com que entendessem que depois que utilizamos a água ela contém dejetos que não podem ficar expostos e por isso seu tratamento é tão importante.

Marcos D. Muhlpointner
Biólogo e professor de Ciências do Colégio I. L. Peretz.

Abril CPFL BUNGE SABESP PETROBRS CAMARGO CORREA CAIXA

Professor, dê suas opiniões, críticas e sugestões sobre este Plano de Aula: planetasustentavel@abril.com.br

 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.