Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade
=== PÁGINA 1 ====
=== PÁGINA 2 ====

2 Por que ensinar adição e subtração

Compartilhe

Compreender o que é a adição e a subtração significa refletir sobre a relação entre os valores numéricos e como as quantidades podem ser alteradas com eventos 

Crianças debatem como resolver problemas de adição e subtração. Foto: Suzete Sandin
Deve-se trabalhar com a turma diferentes procedimentos de cálculo
Durante as séries iniciais, as crianças descobrem o que significa somar e subtrair e quais são os recursos envolvidos nessas operações básicas. Trata-se de um conhecimento recorrente em toda a escolaridade básica. É nessa etapa que os alunos devem aprender quando podem ser utilizadas a adição e a subtração a fim de resolver uma situação-problema sugerida dentro da escola ou até um dilema na vida cotidiana. 

Em casa ou com amigos, os pequenos já trabalham intuitivamente com noções de mais ou menos, quantias de dinheiro, de coleções de figurinhas, de brinquedos. Para o pesquisador francês Gérard Vergnaud, as crianças começam a desenvolver ideias sobre a adição e a subtração entre os 4 e 6 anos, ou seja, antes mesmo de entrar no Ensino Fundamental. E como educador, seu dever é convidar a turma a usar esses conhecimentos prévios para que todos consigam interpretar as situações propostas e ampliá-las. É preciso trabalhar o conteúdo de forma que todos aprendam a ler enunciados, compreendam quando é preciso somar ou subtrair, calculem mentalmente para julgar quando é necessário usar a contagem, o algoritmo, ou até para decidir se uma aproximação já basta para chegar a um resultado. Caso a abordagem não favoreça a forma como as crianças concebem as operações e o que elas significam, elas podem desenvolver ideias erradas ou limitadas sobre esses conceitos. "Existem problemas que implicam apenas uma adição e que muitos alunos não conseguem entender, mesmo depois de concluir o primeiro ciclo do Ensino Fundamental", alerta Vergnaud. 

Conforme passam os anos, a adição e a subtração ganham mais significado para os alunos. As situações propostas ficam mais complexas e seus conceitos ultrapassam o eixo de números e operações para aparecerem nos eixos grandezas e medidas, conhecimentos espaciais, tratamento da informação e, mais adiante, as operações se tornam bases essenciais para o entendimento da álgebra, entre muitos outros conteúdos da disciplina Matemática.

 

=== PÁGINA 3.1.1 ====
=== PÁGINA 3.1.2 ====
=== PÁGINA 3.1.3 ====
=== PÁGINA 3.1.4 ====
=== PÁGINA 3.2 ====
=== PÁGINA 4.1 ====
=== PÁGINA 4.2 ====
=== PÁGINA 5 ====
=== PÁGINA 5.1 ====
=== PÁGINA 5.2 ====
=== PÁGINA 5.3 ====
=== PÁGINA 5.4 ====
=== PÁGINA 6 ====
=== PÁGINA 7.1 ====
=== PÁGINA 7.2 ====
=== PÁGINA 7.3 ====
=== PÁGINA 7.4 ====
=== PÁGINA 8.1 ====
=== PÁGINA 8.2 ====
=== PÁGINA 8.3 ====
=== PÁGINA 8.4 ====
=== PÁGINA 8.5 ====
=== PÁGINA 9.1 ====
=== PÁGINA 9.2 ====
=== PÁGINA 9.3 ====
=== PÁGINA 10 ====
Compartilhe

Gilberto Gil Silva Ribeiro - Postado em 02/09/2012 14:05:19

Olá amigos, precisamos compreender que nem a subtração e nem a divisão podem ser consideradas operações. Na verdade, temos apenas duas operações, a saber: adição e multiplicação. Qual a justificativa? A exisitência das propriedades de associabilidade e comutatibilidade, por exemplo. Portanto, não esqueçamos de considerar esses fatos e evitemos chamar de quatro operações. Um abraço!

Giscleide caline freitas clementino - Postado em 28/08/2012 21:26:34

Achei muito bom esse material.Tenhe me ajudado muito com a minha turma de 1º ano.Eles usam varias estrategias na resolução dos problemas.com novas informações o educador pode fazer as intervenções para a turma avançar.E sempre bom contar com a nova escola nessa missão de educar.Obrigada!

Rossandra Botelho dos Santos - Postado em 19/08/2012 19:08:01

Gostei muito desse material e estou aqui estudando o assunto para ajudar minha filha, que está no 3º ano e está com dificuldades na interpretação dos problemas. E achei muito interessante a teoria de Vernaug (que não conhecia) a respeito do campo aditivo. Vou a partir de agora estar mais atenta às informações que os problemas trazem para ajudá-la a resolver e que ela possa ter êxito ao final do ano, como rege os PCN's. Obrigada NOVA ESCOLA!

 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.