Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Sequência Didática

A produção açucareira no Nordeste brasileiro

Nesta sequência, o estudo da produção açucareira no Brasil visto por meio da análise de objetos e das entrevistas com moradores da região.

Objetivos
-  Conhecer a produção açucareira no Nordeste brasileiro no período colonial 
-  Propor aos alunos relacionar esse conteúdo à sua vida cotidiana a partir do contato com memórias e depoimentos orais, levando-os a reconhecer-se enquanto sujeitos históricos.

Conteúdos
- Brasil colonial. 
- Produção açucareira.

Anos

3º e 4º 

Material necessário

 DVD do filme "Abril Despedaçado" (Walter Salles, 2001); imagens sobre a produção açucareira; objetos levados para sala de aula pelos alunos; notícia sobre o trabalho nos canaviais atualmente (exemplos 1 e 2).

 Flexibilização
Para alunos com deficiência física (cadeirante com dificuldade na linguagem e pouca mobilidade de membros superiores).

O tema pode ser antecipado em uma lição de casa, com o pedido de uma pesquisa a respeito da produção de açúcar no Brasil. A pesquisa pode conter três questões norteadoras sobre o tema e pode ser lida em classe pelo professor durante a primeira discussão coletiva. Esta é uma das possibilidades de o aluno estar inserido numa discussão coletiva, ele ainda não opina, não se expressa com clareza, mas traz contribuições importantes. No momento da construção do questionário, o professor pode ler para o aluno duas ou três perguntas prontas para que ele escolha uma e leve-a para seu grupo de trabalho ou pode ser pedida como lição de casa com orientação à família. A realização do questionário pode ocorrer com o uso de um gravador tanto para que o entrevistado ouça as perguntas gravadas na voz dos colegas como para a gravação das respostas. A avaliação pode ser feita através de imagens, o professor pode oferecer imagens da produção açucareira da época dos engenhos com os escravos e da produção na época atual, e pedir que o aluno as classifique em dois momentos históricos.

Desenvolvimento:
1ª etapa
Inicie a aula questionando os estudantes sobre o que sabem sobre a produção de açúcar. Pergunte: vocês sabem como é produzido o açúcar que consumimos todos os dias? Quem trabalha na produção desse açúcar? Sabiam que o açúcar foi um produto importante na História do Brasil? Deixe um primeiro momento da aula para essas discussões. Em seguida, apresente o trecho do filme "Abril Despedaçado" (Walter Salles, 2001) que mostra o trabalho em moinhos de cana-de-açúcar. Discuta-o com a turma, apresentando os instrumentos de trabalho em todas as etapas da produção açucareira. Proponha que busquem em suas casas objetos antigos que possam ter alguma relação com a história da produção de açúcar em sua região.


2ª etapa
Os alunos deverão apresentar os objetos encontrados para o restante da turma e discutir sobre sua possível importância na produção de açúcar e/ou na vida cotidiana de sociedades passadas. A partir desses objetos e de imagens levadas por você, proponha que, em pequenos grupos (com 2 ou 3 pessoas) iniciem a elaboração de um questionário sobre a produção açucareira que será aplicado em pessoas mais idosas, da família ou próximas às crianças. Oriente a elaboração dessas perguntas. É interessante que você acompanhe os alunos na realização das entrevistas, mas deixe que eles interajam os entrevistados livremente. As perguntas da entrevista devem se referir às imagens escolhidas e aos objetos, que serão mostrados aos entrevistados durante a arguição, buscando respostas espontâneas. O objetivo é trazer à tona memórias e impressões gerais que essas senhoras e senhores carregam sobre a produção açucareira em sua região e sobre a História do local, com os alunos interferindo o mínimo possível em suas respostas (deixe isso claro a eles no momento da elaboração do questionário).

3ª etapa
Os alunos devem levar os resultados de suas entrevistas para um debate em sala de aula. Busque relacionar as respostas dos entrevistados com o conteúdo estudado, levando as crianças a perceber as ligações entre a História presente nos livros e sua vida cotidiana. É interessante que você leve para a sala de aula algum material relativo ao trabalho nas lavouras de cana atualmente (alguma notícia, por exemplo), levando-se em conta a importância deste trabalho na produção de combustíveis em nosso país. O objetivo aqui é mostrar aos alunos que o trabalho nas lavouras de cana continua sendo importante não só para a produção do açúcar que consumimos todos os dias, mas também para a economia de todo o Brasil. Assim, trafegando entre as dimensões macro e micro do conhecimento histórico, entre a história escrita e oral, você encerra a discussão do conteúdo com os alunos.

Avaliação
Avalie, primeiramente, a participação do grupo na elaboração dos questionários, discussões em sala de aula e realização das entrevistas. Proponha também que os alunos escrevam, nos mesmos grupos que se reuniram para a formulação dos questionários, uma breve comparação entre a importância do cultivo de cana-de-açúcar no período colonial e nos dias atuais, levando em consideração as discussões travadas em sala de aula.

 

 

CONSULTORIA Wallace Andrioli
Mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e docente da EM Presidente Tancredo Neves, em Juiz de Fora, MG.

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.