Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Resenha e trecho do livro "Pedagogia da Autonomia", de Paulo Freire

Bruna Nicolielo. Com resenhas de Nina Pavan

Entre 1995 e 1996, como diretora pedagógica do Colégio Poço do Visconde, em São Paulo, tive o privilégio de travar discussões sobre o planejamento, a avaliação e o processo de formação do professor democrático com meu pai, o educador Paulo Freire (1921-1997). Ao longo dos nossos encontros, discutimos o quanto seria importante ele escrever um livro que fosse diretamente voltado à formação do professor. Por isso, ouso dizer que a ideia da obra Pedagogia da Autonomia - Saberes Necessários à Prática Educativa (148 págs., Ed. Paz e Terra, tel. 11/ 3337-8399) esteve atrelada, em certa medida, a esses encontros. O fio condutor dos três capítulos é o processo de formação do educador democrático, cujo objetivo, afinal, é a conquista de sua independência, como também a do aluno.

A obra, a última de Paulo Freire em vida, é um convite apaixonado e intenso a todo profissional que aspira ser um educador crítico e autor do seu processo de formação. Ele deixa claro que os saberes necessários à prática docente, problematizados ao longo do livro, estão todos ancorados na sua forte convicção de que a Educação é um processo humanizante, político, ético, estético, histórico, social e cultural. Por outro lado, esses saberes denunciam a necessidade de o professor assumir-se um ser pensante. Curioso, que duvida e faz da sua fala um aprendizado de escuta. Humilde, que, embora se reconheça condicionado por circunstâncias sociais, econômicas e culturais, não é um ser incapaz de gestar transformações. Competente, que estuda, se prepara e tem o domínio do conteúdo que ensina. Por fim, generoso consigo próprio para que o possa ser com o aluno. Em razão do meu envolvimento nas discussões que levaram à produção da obra, recebi de meu pai um convite para escrever o prefácio do livro. Infelizmente naquele momento, não fui capaz de aceitar, pois não me sentia suficientemente preparada. Lembro-me ainda hoje da forma generosa com a qual ele acolheu a minha incapacidade de dar conta do desafio.

Anos se passaram e fui convidada a resenhar a obra para NOVA ESCOLA, o que me permite escrever hoje o que não consegui escrever ontem, tendo a chance, portanto, de ressignificar a experiência.

Fátima Freire Dowbor, autora desta resenha, é pedagoga formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e consultora pedagógica.

Clássico do mês 

Trecho do livro

"Na formação permanente dos professores, o momento fundamental é o da reflexão crítica sobre a prática. É pensando criticamente a prática de hoje ou de ontem que se pode melhorar a próxima prática. O próprio discurso teórico, necessário à reflexão crítica, tem de ser tal modo concreto que quase se confunda com a prática. O seu 'distanciamento' epistemológico da prática enquanto objeto de sua análise, deve dela 'aproximá-lo' ao máximo. Quanto melhor faça esta operação tanto mais inteligência ganha da prática em análise e maior comunicabilidade exerce em torno da superação da ingenuidade pela rigorosidade. Por outro lado, quanto mais me assumo como estou sendo e percebo a ou as razões de mudar, de promoverme, no caso, do estado de curiosidade ingênua para o de curiosidade epistemológica. Não é possível a assunção que o sujeito faz de si numa certa forma de estar sendo sem a disponibilidade para mudar."

De 10 de maio a 10 de junho, quem entrar em contato com a Editora Paz e Terra e mencionar a parceria com NOVA ESCOLA ganhará 20% de desconto na compra de um exemplar.

Concurso:  Responda à pergunta: "Na sua opinião, qual a importância de refletir sobre a prática de ensinar?" e concorra a 1 (um) exemplar do livro Pedagogia da Autonomia - Saberes Necessários à Prática Educativa, da Ed. Paz e Terra. Clique aqui para participar.

Compartilhe

Karina Adriana Marques da Silva - Postado em 08/06/2010 14:38:18

Olá, sou estudante de Pedagogia na Faculdade Interativa COC, na disciplina de Didática aprendi vários conceitos importantes sobre Paulo Freire, que traz de especial um enorme presente para os educadores, o seu pensamento de que o Educador Reflexivo está comprometido com seu processo de formação considerando a importância da formação de um professor pesquisador que pensa na sua prática, analisa seus conhecimentos e busca novas formas de atuar em suas ações com uma única preocupação de transmitir novos conhecimentos e conduzir seus alunos a serem reflexivos, críticos e busquem caminhos para novas descobertas de ideias e conceitos, proporcionando a si mesmo ensino aprendizagem e para seus alunos. O professor reflexivo está sempre em contínua formação. Não tenho o livro mas aprendo muito sobre Paulo Freire na Faculdade através de meus professores.

andreia sheila farias gomes - Postado em 22/05/2010 10:14:24

O livro é uma obra prima e talvez por isso o tenha perdido das duas vezes em que o adquiri, uma ao emprestar a uma amiga, esta nunca me devolveu e eu que o tinha como uma biblia, mas felizmente o ganhei ao realizar um curso, porém o emprestei e pedi mil cuidados disse que já havia perdido um exemplar, e a pessoa se comprometeu em entregar, acredita que roubaram o carro de minha amiga com o livro dentro. Espero que alguém esteja usufurindo dele com o mesmo carinho que o meu.

Natalia Duarte da Silva - Postado em 17/05/2010 20:14:53

Tem duvidas em relação a compra do livro através do telefone da editora divulgado pela revista. Moro Em Olinda, Pernambuco, e gostaria de saber se tem um e-mail ou outro contato disponivel para falar com alguem da editora. Desde já agradeço, e parabenizo a revista pelo privilégio de comprar a maravilhosa obra de Paulo Freire.

Publicado em NOVA ESCOLA Edição 232, Maio 2010.
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.