Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Conhecimento prévio

Entenda por que aquilo cada um já sabe é a ponte para saber mais

Elisângela Fernandes

|< < Página de > >|
=== PARTE 1 ====
=== PARTE 2 ====

Sondagens de saberes: como fazê-las bem

Não resta dúvida de que a força conferida ao conhecimento prévio transformou as rotinas das salas de aula (leia a questão de concurso na última página). Entretanto, ainda persistem alguns mal-entendidos relacionados ao tema. O mais básico deles é realizar a sondagem do que a turma sabe, mas não utilizar esse resultado no planejamento do trabalho diário. "De nada adianta coletar informações se elas não servirem como guia para orientar atividades, agrupamentos e intervenções", defende Tania Beatriz Iwaszko Marques, docente da UFRGS.

Outro engano recorrente diz respeito à forma como as sondagens são conduzidas. Para muitos professores, diagnosticar conhecimentos prévios equivale a conversar com os alunos e ver o que eles sabem sobre o assunto. Essa raramente é a melhor estratégia. Digamos, por exemplo, que o objetivo de um docente de Educação Física é ensinar futebol. Dificilmente ele vai conhecer a condição prévia de cada criança a não ser que as coloque para jogar. "O caminho mais indicado para identificar os saberes dos estudantes é propor situações-problema, desafios que os obriguem a mobilizar o conhecimento que possuem para resolver determinada tarefa", afirma Regina Scarpa, coordenadora pedagógica de NOVA ESCOLA.

Também vale pôr em xeque a tese de que todos os saberes que a turma possui sempre colaboram para a construção de um conhecimento. Na verdade, em alguns casos, eles podem até ser um obstáculo. No campo das Ciências, por exemplo, a experiência empírica das crianças as leva a pensar que, entre os seres vivos, aqueles que se locomovem são animais, enquanto os demais são vegetais. Essa noção pode dificultar a compreensão de que corais e esponjas sejam animais. A nova informação somente será compreendida quando os alunos perceberem a incoerência explicativa da ideia anterior. No caso, estudando as características específicas de celenterados e poríferos e compreendendo que animais e movimento não são características indissociáveis.

=== PARTE 3 ====
=== PARTE 4 ====

Continue lendo a Reportagem

|< < Página de > >|
Compartilhe

Diego Pinto Jabois - Postado em 24/07/2011 13:24:51

Essa diferença não está clara para muitos educadores que de forma equivocada contextualizam como sinônimo em seus argumentos. Mais informações a esse respeito deveria ser publicada em edições futuras da revista.

ALANA PATRÍCIA PEREIRA DA SILVA - Postado em 01/04/2011 17:54:09

O Conhecimento prévio refere - se a uma abordagem inicil dos saberes que os alunos já têm acumulados, a qual todo educador deveria fazer antes de iniciar qualquer abordagem conteudistas, afinal nossos alunos possuem experiencias acumuladas em suas vivencias diárias que muito podem ajudá - los a adquirir novos saberes, tornando a aprendizagem mais atraente e significativa. Alana Silva Cutias _ AP

Publicado em NOVA ESCOLA Edição 240, Março 2011. Título original: O que cada um sabe é a ponte para saber mais
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.