Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Sequência Didática

Riqueza econômica e desigualdade social na China

VEJA na Sala de Aula

Conteúdo relacionado

Este plano de aula está ligado à seguinte reportagem de VEJA:

A segunda maior economia do mundo enfrenta grandes problemas sociais. Apresente dados que falam do crescimento econômico chinês e analise com a turma os motivos da desigualdade no país.

Capas de livros como jornalismo literário. Imagem: produção NOVA ESCOLA

Conteúdos
- China contemporânea

Objetivos
- Analisar indicadores econômicos e sociais da sociedade chinesa atual 
- Conhecer parte importante da história da China no século 20 

Tempo estipulado
Duas aulas

Materiais necessários
- Texto  "O mundo prende a respiração: a gigante China troca de comando" (reportagem de Thais Oyama republicado na coluna do Ricardo Setti da Veja.com - 17 de novembro de 2012).
- Resenha "O capitalista vermelho" de Rinaldo Gama (Veja.com, 12 de setembro de 2007) sobre o livro "A China de Deng Xiaoping", de Michael E. Marti (tradução de Antonio Sepúlveda; Ed.Nova Fronteira 342 pág).
- Reportagem "Consumo da classe média pode fazer China retomar o ritmo de crescimento" (Portal G1 de 10 de novembro de 2012).


Desenvolvimento

1ª etapa
Pergunte aos alunos o que eles sabem sobre a China. Explique que o país será o tema da aula devido sua importância no cenário econômico mundial. Apresente suas principais características:  maior população do mundo, grande  dimensão territorial,  regime politico comunista e enfrenta profunda desigualdade social. Esses assuntos serão aprofundados conforme a turma passe pelas etapas.  Leve a turma para a sala de informática e inicie exibindo o vídeo "China se torna a 2ª maior economia do mundo" sobre o crescimento econômico chinês. Caso não seja possível utilizar a sala de informática, use um projetor de imagens ou até um DVD gravado. É possível ainda utilizar o texto descritivo da reportagem em vídeo.

Em seguida, leia o texto "O mundo prende a respiração: a gigante China troca de comando" sobre a sociedade chinesa contemporânea. Discuta algumas das consequências do crescimento econômico chinês. Utilizando o texto e o vídeo já apresentados, destaque o atual papel da China na economia mundial, o aumento do consumo interno e o número crescente de milionários no país. Associe esses pontos destacados à presença de um regime político comunista na China.

Retome rapidamente com os alunos o significado de comunismo. Destaque os objetivos principais desse tipo de ideologia política: o fim das desigualdades sociais, a distribuição das riquezas, o igualitarismo. Em seguida, apresente alguns pontos importantes da história chinesa recente, como a revolução comunista de 1949 e a Revolução Cultural da década de 1960, ambas lideradas por Mao-Tsé Tung. Fale sobre a planificação da economia chinesa nesse período e a coletivização das terras como preceitos importantes do regime comunista. O texto da próxima etapa será a base da explicação sobre as características da economia chinesa.


2º etapa

Na etapa seguinte, leia o texto "O capitalista vermelho" sobre o líder comunista Deng Xiaoping, que introduziu as reformas econômicas que fizeram da China a potência que é hoje. Xiaoping colocou em prática uma inusitada mistura de comunismo e capitalismo no país. Ressalte que, no referido texto, aparece uma frase do líder comunista que aponta para a necessidade de, independentemente dos meios, conseguir melhorar a vida da população chinesa. Mas será que isso realmente ocorreu?

Relembre o primeiro texto "O mundo prende a respiração: a gigante China troca de comando", que fala, entre outras coisas, do crescimento do número de milionários no país. Depois, leia e apresente dados sobre a desigualdade social existente na China atualmente por meio dos dados apresentados na reportagem "Consumo da classe média pode fazer China retomar o ritmo de crescimento" . Este texto traz informações sobre o abismo entre ricos e pobres no país. 

"Apesar do aumento da consolidação de uma classe consumidora cada vez mais ativa, um dos grandes problemas que a China vive atualmente é a renda desigual da população, que acaba aumentando de forma alarmante o abismo entre a cidade e o campo, onde vivem 675 milhões de chineses - mais de três vezes a população brasileira e quase 10% da população mundial. (...) O índice Gini, que avalia a desigualdade de renda (0 é a distribuição perfeita e 1 o grau máximo de desigualdade) registrou na China, em 2011, um coeficiente de 0,516 - um dos piores do mundo, segundo cálculo da empresa britânica Euromonitor. É quase igual ao do Brasil (0,517), com a diferença que, no país asiático, a tendência é de aumento, enquanto no Brasil a desigualdade vem caindo nos últimos anos."


Avaliação
A partir dos dados apresentados na reportagem utilizada na última etapa, proponha que os alunos realizem uma pesquisa complementar que permita a construção de um painel comparativo entre as sociedades chinesa e brasileira.


Retome a discussão sobre crescimento econômico e desigualdade nos países emergente para a realização do paínel. O trabalho deve relacionar a situação econômica e social vivida  no Brasil apresentando os seguintes dados dos dois países: tamanho da população, regime político, principais características econômicas e níveis de desigualdade social. Reserve um momento da aula para que os estudantes compartilhem o que encontraram com toda a turma. Verifique se, ao final da sequência, os alunos compreenderam as razões da desigualdade na China a partir da comparação com a situação brasileira e a análise dos dados e indicadores propostos.

 

 

Wallace Andrioli
Mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF)

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.