Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Sequência Didática

Anarquismo, socialismo e "black blocs"

VEJA na Sala de Aula

Use as manifestações de junho de 2013 apresentar esses movimentos e sua relação com os "black blocs"

 Manifestantes com máscara e rostos cobertos com lenços durante o protesto contra o reajuste das tarifas do ônibus, na Avenida Paulista. Foto: LUCAS LIMA

Objetivos
- Compreender o conceito de Anarquismo
- Entender semelhanças e diferenças entre Anarquismo e Socialismo
- Compreender a apropriação das ideias anarquistas na contemporaneidade

Conteúdo
Anarquismo

Anos
Ensino Médio

Tempo estimado
4 aulas

Material necessário
- Cópias da reportagem "Os organizadores do caos", publicada no site de Veja
- Cópias da crônica "O anarquista inofensivo", de Carlos Heitor Cony, publicada na Folha de S. Paulo
- Cópias da reportagem "Máscara de V de Vingança vira alvo de pirataria", publicada no site de Veja
- Cópias da reportagem "Conheça a estratégia ‘Black Bloc’, que influencia protestos no Brasil", publicada pelo portal G1
- Projetor de imagens ou televisão para exibir o filme V de Vingança (James McTeigue, 132 min., Warner, 11/4004-2050)
- Computadores com acesso a internet para pesquisas nos dicionários Só História e Priberam
- Dicionários


Desenvolvimento
1ª etapa
Comece a aula discutindo com a turma sobre o que eles conhecem por anarquia. Peça que eles pesquisem em dicionários o significado da palavra. O dicionário online Priberam a define como:

anarquia s.f.
1. Falta de chefe.
2. [Figurado] Desordem, confusão (motivada por falta de direção).
3. [Política] Sociedade constituída sem governo.

Fonte: Dicionário Priberam

 

Explique a turma que as próximas aulas trataram do terceiro significado.  Em seguida, distribua cópias da reportagem "Os organizadores do caos", publicada no site de Veja. Leia o texto com a turma e, em seguida, questione-os sobre os usos que fazem no cotidiano sobre a palavra anarquia: quais dos significados mostrados anteriormente eles costumam usar? Conheciam os outros? Quais se aplicam ao contexto da reportagem?

2ª etapa
Retome o significado político de anarquismo ("Sociedade constituída sem governo", de acordo com o dicionário Priberam). Pergunte se os alunos já ouviram falar de algum movimento conhecido como anarquista e se conhecem seu funcionamento. Lembre-os de que a matéria do site de Veja faz referência a manifestantes anarquistas. O que seria, então, esse movimento? O que seus integrantes defendem?

Mostre à turma a definição de anarquista dada pelo dicionário Só História:

Um pouco de teoria: definição de Anarquista

"Nome dado aos adeptos do anarquismo, ou seja, a uma das muitas correntes baseadas no princípio do comunismo. O anarquismo prega uma sociedade igualitária, com a eliminação de todas as formas de poder, como o Estado. De maneira geral, os anarquistas colocam-se contra qualquer hierarquia, defendendo uma sociedade libertária, constituída por iguais. Muitos dicionários associam o termo à desordem, bagunça. Em parte, trata-se de uma classificação ideológica, que acaba refletindo significados pejorativos atribuídos tanto ao comunismo como ao anarquismo, ambos em confronto direto com o Estado liberal. No Brasil, o anarquismo ganhou força em fins do século 19 e início do século 20, com a chegada dos imigrantes europeus - em especial dos italianos. Anarquistas e anarco-sindicalistas foram tendências que marcaram o início do movimento operário. Com grande influencia, as organizações anarquistas estiveram presentes em vários acontecimentos, dentre eles as greves gerais de 1917 e 1918, que paralisaram cidades como São Paulo e Rio de Janeiro."

Fonte: Dicionário Só História

 

Explique, então, que o movimento surgiu no século 19, num contexto de lutas políticas de contestação ao capitalismo. Conte que o anarquismo não foi o único movimento político com esse objetivo e que, na verdade, os anarquistas se colocaram em constante embate com outro desses movimentos, o socialista, pela conquista dos "corações e mentes" da classe operária europeia. Apresente então a definição de "socialismo" do dicionário online Só História:

Um pouco de teoria: definição de Socialismo

"Conjunto de doutrinas econômicas, políticas e sociais surgidas no século XIX em oposição às desigualdades sociais vigentes na sociedade capitalista. Para os adeptos do socialismo, a causa fundamental das desigualdades entre os indivíduos está na existência da propriedade privada, sobretudo na propriedade privada dos meios de produção e de circulação das riquezas (fábricas, terras, máquinas, bancos, empresas de comércio, etc.) Para corrigir essa situação, os socialistas propunham inicialmente a transformação da propriedade privada dos meios de produção e de circulação das riquezas em propriedade coletiva de toda a sociedade. Entretanto, como conquistar a igualdade social? Para alguns socialistas (chamados de reformistas), essa conquista se daria por meio de reformas que modificassem pouco a pouco o sistema capitalista. Esses socialistas davam particular importância à luta eleitoral, pois achavam que, se conquistassem maioria nos parlamentos, poderiam implementar suas reformas de modo pacífico e ordeiro. Para outra corrente de socialistas, porém, a destruição da sociedade capitalista e a formação de uma sociedade baseada na igualdade entre as pessoas só poderiam ser realizadas por meio de uma revolução armada. Um dos grandes pensadores dessa corrente revolucionária do socialismo foi o alemão Karl Marx (1818 - 1883), que fez a crítica do capitalismo em livros como O capital."

Fonte: Dicionário Só História

Peça que os alunos listem as principais diferenças entre esses dois movimentos. Enfatize a relação com o Estado presente em ambos: enquanto os socialistas buscam conquistar o espaço do Estado para modificar a sociedade, inclusive participando das disputas eleitorais, os anarquistas são totalmente descrentes desse espaço, pregando sua plena destruição.

3ª etapa
Distribua cópias da reportagem "Máscara de 'V de Vingança' vira alvo de pirataria", publicada no site de Veja. Pergunte aos alunos sobre as manifestações ocorridas em junho de 2013: o que acharam? O que ouviram falar? Chegaram a participar de alguma?

Em seguida, apresente dois trechos do filme V de Vingança. No primeiro (entre 1h52min até 1h57min), o protagonista fala sobre como as ideias sobrevivem à repressão violenta. No segundo (no intervalo entre 1h59min e 2h04min), vê-se uma multidão de mascarados, inspirados pelas ideias do protagonista, compactuarem com seus planos de destruição do Parlamento inglês.

A partir dessas cenas, discuta sobre a possibilidade de apropriação das ideias anarquistas atualmente. Para isso, relembre algumas características das recentes manifestações, como a falta de lideranças claramente identificadas e o discurso de rejeição a governos e políticos. Será que alguns dos ideais anarquistas estariam presentes nessas manifestações? Será que essa falta de líderes confirmaria a fala do personagem do filme, de que as ideias são mais importantes que as pessoas? Medie o debate. Lembre também que, por outro lado, muitos cobravam uma participação mais efetiva do Estado em assuntos como Educação e Saúde, o que entraria em choque com a defesa anarquista de destruição do aparato estatal.

4ª etapa
Divida a turma em dois grupos, que deverão refletir sobre a relação entre os grupos "Black Blocs" e o anarquismo. Oriente o primeiro grupo a defender essa estratégia e, para isso, indique a reportagem "Conheça a estratégia ‘Black Bloc’, que influencia protestos no Brasil", publicada pelo portal G1.

O segundo grupo deverá contestar a atuação violenta dos "Black Blocs", mostrando que podem existir outras formas de apropriação das ideias anarquistas na contemporaneidade. Para que iniciem a discussão, distribua cópias da crônica "O anarquista inofensivo" de Carlos Heitor Cony, publicada na Folha de S. Paulo.

Estimule o debate entre os dois lados, buscando uma concepção crítica, mas não preconceituosa sobre o tema.

Avaliação
Peça que, ao final do debate, cada aluno elabore uma lista com os principais pontos levantados por cada grupo e, em seguida, escrevam um texto-síntese sobre o debate, explicitando os conceitos utilizados em aula e se posicionando a favor ou contra os "black blocs". Na leitura do texto, observe a apropriação dos conceitos de Anarquismo e Socialismo e a capacidade dos estudantes de relacioná-las a movimentos contemporâneos.

Wallace Andrioli
Doutorando em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF)

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.