Assine Nova Escola
Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Sequencia Didatica

Órgãos vitais e anatomia humana

VEJA na Sala de Aula

Conteúdo relacionado

Este plano de aula está ligado à seguinte reportagem de VEJA:

Leve os alunos ao laboratório e mostre, de maneira prática, quais são os órgãos mais importantes do corpo humano

Órgãos vitais e anatomia humana

Objetivos

 

  • Compreender a função dos órgãos vitais do corpo humano
  • Absorver conceitos de anatomia e citologia


Conteúdos

  • Anatomia
  • Fisiologia humana
  • Citologia


Anos
Ensino Médio

Tempo estimado
Três aulas

Material necessário

  • Computadores com acesso à internet
  • Acesso ao laboratório
  • Frutas, verduras e diversos objetos comuns no ambiente familiar

Flexibilização
Para alunos com deficiência visual
Os cegos, na maioria das vezes, desenvolvem alta sensibilidade tátil e auditiva. Desse modo, o tema do plano pode ser ampliado por meio da manipulação dos elementos em questão. Sugere-se começar por uma dinâmica de autoidentificação das partes do corpo. Cada aluno deve colocar a mão no local do corpo em que se encontram os órgãos internos - rins, pulmão, traqueia, fígado etc. Em seguida, esses órgãos devem ser reproduzidos em material maleável como argila, massa de modelar ou gesso. Os deficientes visuais manejam esses objetos para identificá-los e associá-los às funções que desempenham no corpo humano. Por fim, devem também manusear o protótipo do corpo humano com os órgãos já colocados em seus devidos lugares.

Desenvolvimento
Aula 1
Pedir aos alunos que leiam a interessante reportagem de VEJA que trata da questão do ensino de anatomia nas universidades. Discuta com eles como que se trata de anatomia no ensino médio. O que seria importante saber? O que seria importante de fato ver e manipular? Deixe claro que em escolas do Ensino médio não se trabalha com peças humanas, mas sim protótipos. Afinal, há o objetivo de conhecer detalhes de anatomia que visem fazer diagnósticos e intervenções cirúrgicas. Mostre que, por outro lado, é fundamental que os alunos conheçam a importância e a integração dos órgãos do corpo humano. Observe que é importante conhecer o corpo humano e seu funcionamento, sempre relacionando as explicações ao contexto microscópico, como a célula, e nunca se esquecer de oferecer a visão do contexto evolutivo. Assim, faça uma abordagem menos técnica e enciclopédica.

Leia mais
Corpo: aberto para reformas
Leia mais Teste: O que você sabe sobre o corpo humano?
Leia mais Transplante para a classe a ideia sobre doação de órgãos

Mostre que se pode conceber e visualizar os órgãos de um copo humano usando uma casa como metáfora. Uma habitação é uma unidade que funciona com partes integrantes que se relacionam formando um sistema integrado. Uma residência tem fiação, tem encanamento de água, sistema de ventilação, estrutura, paredes e telhado, despensa com mantimentos. Não seria difícil para os alunos fazerem paralelos com vasos sanguíneos, nervos, pulmões e ossos. Entretanto, existe uma questão conceitual importantíssima neste tipo de comparação: a casa é projetada e os sistemas biológicos não.

Comente com os alunos qual então seria a singularidade do sistema biológico já que não é projetado. De fato é um sistema que evolui, portanto apresenta particularidades. Um órgão tem uma função em um determinado momento da história evolutiva de uma linhagem e poderá ter outra em outro momento da história. Por exemplo, o esqueleto ósseo mineralizado, tão importante na estrutura dos vertebrados terrestres, evoluiu na água doce carente em cálcio, portanto a mineralização foi uma demanda química nutricional e não uma demanda estrutural. Outros órgãos como vasos sanguíneos e coração já apresentam uma função e uma organização mais constante na escala evolutiva dos vertebrados. O encéfalo, por sua vez, apresenta algumas variações estruturais e importantes variações nas funções, particularmente as superiores.

Para introduzir o estudo sobre a anatomia, encoraje-os a fazer paralelos com uma célula. Aparentemente parece ser uma comparação complicada, mas é um exercício importante dado que o organismo é uma estrutura emergente de um sistema celular. O organismo e seus sistemas de órgãos atende em última análise a necessidade de uma coletividade de células. Normalmente os alunos do ensino médio estudam citologia antes de anatomia e fisiologia humanas. Assim parta das necessidades de uma célula. Células apresentam um envoltório. Faça analogias com o tegumento humano. Mostre que da mesma forma que o tegumento humano tem uma função protetora, a célula também possui, principalmente se possuir parede celular rica em carboidratos estruturais. Comparando: a pele humana possui uma estrutura protetora formada de proteínas estruturais. A pele humana dialoga com o mundo externo através de um sistema de receptores sensórios, já a célula possui uma série de receptores químicos. A pele realiza secreção e excreção tal como células. Assim ambos não são sistemas fechados para o meio externo. Pensando ainda na parte estrutural, lembre-os que da mesma forma que o corpo humano possui um sistema esquelético interno baseado em estrutura proteica, a célula possui um citoesqueleto proteico.

Levante em seguida outro aspecto: o metabolismo. Fale das necessidades energéticas e de moléculas estruturais. Nossas células obviamente exibem as mesmas necessidades metabólicas que o nosso organismo. Tanto a energia como as moléculas estruturais são obtidas de moléculas orgânicas, ou seja, somos heterótrofos ou quimiorganotróficos. Conte que uma célula obtém moléculas e as envia para o sistema de obtenção de energia ou então as armazena. Mostre que a obtenção pode se dar através de vacúolos alimentares e digestivos. Em seguida, moléculas orgânicas de menor porte entram em vias metabólicas resultando em energia ou em formas de armazenamento. Faça o paralelo com o corpo humano. Nosso sistema digestório possui um sistema de cavidades com especializações locais exercendo funções como manipulação mecânica, digestão química e absorção. Em seguida as moléculas menores são absorvidas e levadas para as células. O mesmo sistema orgânico de maneira análoga a uma célula possui tecidos de armazenamento como o tecido adiposo. Lembre os alunos daquelas organelas chamadas lisossomos e peroxissomos que produzem uma série de enzimas ligadas a digestão intracelular e desintoxicação. Faça paralelos com glândulas como o pâncreas e o fígado.

E em relação aos fluidos? As células não possuem sistemas específicos de circulação e bombeamento de fluidos tal como ocorre com o sistema cardiovascular do corpo humano, entretanto possui um sistema regulação de volume e composição do sistema análogos ao corpo humano. Órgãos como os rins atuam não só filtrando o sangue como eliminando o excesso de líquido ou ainda economizando água se for o caso reabsorvendo-a após a primeira filtração. Da mesma forma todo o sistema cardiovascular se comporta mantendo o volume sanguíneo em volume adequado controlando a pressão. Para tal os vasos podem se contrair ou relaxar ou o coração pode bater mais rápida e vigorosamente aumentando a pressão.

Observe que em relação aos gases, estes se difundem através das membranas da mesma forma que ocorre nos alvéolos pulmonares cuja superfície é, enfim, celular. Lembre-os que a área dessa superfície é fundamental para uma troca gasosa eficiente. Assim a relação entre superfície e volume de uma célula está ligada a uma eficiência na troca gasosa. Da mesma forma os pulmões possuem uma organização que compromete duas questões: maior superfície respiratória em um volume orgânico compacto. Daí dá para se entender a árvore respiratória pulmonar.

Ao final da aula encomende dois pequenos trabalhos. No primeiro, peça aos alunos que façam um esquema em cores de uma célula e de um torso humano com órgãos vitais aparentes. Peça para que pintem com cores semelhantes áreas cuja função tem uma analogia.
Como segunda tarefa encomende uma pesquisa sobre a obra de Michelangelo tentando enfatizar as obras nas quais o pintor teria ocultado peças anatômicas do corpo humano.

Aula 2
Leve-s ao laboratório. Exiba modelos de anatomia como torsos contendo vários órgãos ou modelos de órgãos específicos.

Após as explicações sobre a forma, localização específica e função de órgãos como pulmão, rim, coração, vasos, esôfago, estômago intestinos, glândulas, ossos, pele e sistema nervoso, encomende um projeto de anatomia e fisiologia um pouco mais ambicioso. Divida a classe em grupos e peça dois tipos de trabalho. Cada grupo escolhe um dos tipos. Em um primeiro trabalho sugira aos grupos que montem modelos anatômicos com frutas e legumes. A ideia é que os vegetais componham um conjunto semelhante aos órgãos em um corpo humano aberto em uma mesa de dissecção.

No segundo trabalho o enfoque é fisiológico. Assim, encomende aos grupos que tragam objetos comuns em uma casa ou apartamento que, de alguma forma, tenham uma função análoga a de um órgão humano. Estes objetos vão compor um conjunto análogo ao sistema de órgãos de um ser humano. Utensílios domésticos variados poderão ser utilizados para compor órgãos, como por exemplo, liquidificadores, pedaços de canos plásticos, tubos, encanamentos, fios de eletricidade, filtro de café, um telefone celular, uma bateria, copos, talheres, recipientes dos mais diversos tipos e assim por diante. A ideia é construir com esses materiais modelos de órgãos vitais ou sistemas de órgãos que representem primordialmente a função destes. Esse exercício ajudará os alunos a compreenderem a função de cada órgão.

Aula 3
Esta aula deverá se destinar à apresentação dos trabalhos pedidos na 2ª. Aula.

Avaliação
Com os trabalhos realizados, veja se os alunos compreenderam quais são os órgãos vitais do corpo humano e a função deles para a manutenção da sáude do organismo. No fim da sequência didática, os alunos também deverão compreender melhor o que é anatomia e como o nosso corpo funciona.

Ricardo Paiva
Professor de Biologia do Colégio Santa Cruz, de São Paulo

Rossana Ramos
Professora da Universidade de Pernambuco, especialista em Inclusão

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas impressas!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.