Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Como organizar a rotina e as aprendizagens no berçário

Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10
Portfólio do projeto "Creche: espaço de aprendizagem" elaborado pela educadora Silvia Ulisses de Jesus, uma das vencedoras do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10.

Compartilhe
  • A adaptação ao berçário

    A adaptação ao berçário

    No projeto 'Creche: Espaço de Aprendizagem', a educadora Silvia Ulisses de Jesus fez um registro de todas as experiências de aprendizagem fundamentais para as crianças no berçário. Ela intercala anotações teóricas a registros práticos sobre o desenvolvimento de cada um dos bebês, em álbuns personalizados. Acima, Silvia destaca o passo a passo para a adaptação dos pequenos.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Como Mateus adaptou-se

    Como Mateus adaptou-se

    No álbum de Mateus, Silvia destaca a dificuldade dos primeiros momentos do menino no berçário, quando ele chorava e sentia falta da mãe. A educadora observa cada etapa da adaptação do bebê e registra no álbum.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • As teorias do movimento

    As teorias do movimento

    Nesta etapa do registro, Silvia aborda o desenvolvimento da capacidade dos bebês em reconhecer partes do corpo, sustentar-se sentados e depois em pé, até que desenvolvam formas de locomoção, como engatinhar, por exemplo.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Aquisição da consciência corporal

    Aquisição da consciência corporal

    Quando Mateus chegou ao berçário, mal conseguia sentar-se sozinho. Na observação diária do desenvolvimento do garoto, a educadora percebeu avanços importantes - como aprender a ficar em pé sozinho e arriscar os primeiros passos.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • A entrada no mundo da linguagem

     A entrada no mundo da linguagem

    Silvia teoriza sobre as diferentes linguagens a que os bebês precisam ter acesso, desde os primeiros meses de vida. Fala do desenvolvimento da oralidade e da linguagem corporal - seja pelos movimentos, imitações, gestos ou sinais emitidos pelos pequenos.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Conhecer diferentes linguagens

    Conhecer diferentes linguagens

    A educadora observa a capacidade do bebê em sorrir, chorar ou balbuciar quando demanda algo. Ela registra todos os avanços no álbum de Mateus e complementa o portfólio com fotos dos desafios propostos ao menino.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Primeiros contatos com a linguagem artística

    Primeiros contatos com a linguagem artística

    Desde o primeiro ano, Silvia estimula as crianças para que tenham contato com a linguagem artística. Na foto, Mateus ensaia os primeiros 'desenhos', ao utilizar materiais seguros, em uma superfície plana, sob a orientação da educadora.

    Arquivo pessoal
  • O comportamento alimentar de Mateus

     O comportamento alimentar de Mateus

    A educadora observa o cotidiano de Mateus no berçário e registra os hábitos alimentares do garoto no álbum. Ela sabe exatamente de quais alimentos o menino gosta e conhece os motivos que fazem com que ele alimente-se bem ou não.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Experimentações

    Experimentações

    Silvia reuniu os bebês em um grupo, para que todos experimentem diferentes alimentos. Uma boa atividade para divertir e socializar os pequenos. Observe o cuidado com as mamadeiras, individuais e diferentes, para facilitar a identificação.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Hora do banho

     Hora do banho

    Além de destacar a importância deste momento de higiene, Silvia aproveita a hora do banho para estimular diferentes sensações nos bebês, como explorar o próprio corpo ou aproveitar o contato com diferentes materiais e superfícies, tornando este momento uma grande e agradável brincadeira.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • A importância do sono

    A importância do sono

    Silvia destaca a importância dos momentos de sono na rotina do berçário. Ela sabe que a hora da soneca, assim como os rituais de ninar, variam entre os bebês. A educadora conhece bem cada um dos 12 bebês de quem cuida, No caso de Mateus, ela registra a necessidade de embalá-lo no carrinho para que ele durma bem.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Soninho bom...

    Soninho bom...

    Acima, Mateus dorme no berço. Manter objetos com significados especiais para o bebê, como a chupeta ou uma cobertinha, ajuda a garantir um sono tranquilo para os pequenos.

    Reprodução: arquivo pessoal
  • Tapete de sensações

    Tapete de sensações

    Silvia confeccionou um grande painel de sensações afixado na parede do berçário. Cada elemento do 'tapete' acima possui uma textura diferente e alguns até emitem sons quando tocados. O objetivo é que os bebês entrem em contato com diferentes sensações. Um estímulo aos sentidos.

    Foto: Thiago Moura
  • Caixa de sensações

    Caixa de sensações

    Esta é uma das caixas de sensações das crianças da creche. Dentro dela são guardados objetos de estímulo aos diferentes sentidos, como chocalhos, bonecos, sachês e móbiles, confeccionados pela educadora junto das crianças - uma boa atividade para fazer com que os pequenos tenham contato com a linguagem artística e visual.

    Foto: Thiago Moura
  • Chocalhos

    Chocalhos

    Garrafas pet em miniatura servem como suporte para a confecção de chocalhos. Em um deles, Silvia colocou areia e no outro, grãos de milho. As garrafas foram bem sedadas, para evitar acidentes, e decoradas com tinta colorida, com a ajuda das crianças.

    Foto: Thiago Moura
  • Móbile

    Móbile

    Utilizando um CD antigo, Silvia propôs a criação de um móbile individual, com a foto de cada criança. Acima, o móbile de Mateus.

    Foto: Thiago Moura
  • Cheirinhos

    Cheirinhos

    O olfato é outro sentido que precisa ser amplamente explorado desde o berçário. Por isso, a educadora confeccionou dois sachês - um com cravos e outro com canela. Ambos foram embalados em pedaços de tule e bem amarrados com fitas de cetim, para evitar que as crianças levassem à boca as partes pequenas.

    Foto: Thiago Moura

CONHEÇA O PLANEJAMENTO DO PROJETO SENSAÇÕES

Elaborado pela educadora Silvia Ulisses para organizar as experiências de aprendizagem das crianças do berçário.

Eixo de Aprendizagem: Artes Plásticas

Eixo de Aprendizagem: Movimento

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários
Compartilhe
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.