Revista do mês
Nova Escola
Assine Nova Escola

Didática da Matemática: Reflexões Psicopedagógicas

Autor(a): Irma Saiz e Cecilia Parra

Editora: Artmed

Categoria: Formação

Biblioteca vitual
Didática da Matemática: Reflexões Psicopedagógicas
Formato 16 x 23 cm, 258 páginas

Em 1994, tive acesso a uma edição mexicana do livro Didática da Matemática: Reflexões Psicopedagógicas (258 págs, Ed. Artmed, tel. 0800-703-3444), em que é descrita a pesquisa didática realizada pelas educadoras argentinas Delia Lerner e Patricia Sadovsky, com a colaboração da também educadora Susana Wolman. O trabalho compõe o capítulo O Sistema de Numeração: Um Problema Didático, o grande responsável pela divulgação da obra no Brasil. Essa investigação trouxe respostas para muitas das indagações que fazíamos sobre o ensino dos números, em especial, na Educação Infantil. Na época, eu era professora de uma turma de 5 anos e, com as minhas colegas, devorei avidamente cada trecho do artigo. A pesquisa permitiu que enxergássemos os processos pelos quais toda criança passa ao tentar entender o funcionamento do sistema de numeração.

Considerando os resultados da investigação, as autoras questionam o enfoque usual do tema e, em seguida, apresentam uma série de situações didáticas que podem ser desenvolvidas com os estudantes em classe.Foi uma época de muito entusiasmo e de aprendizagens intensas. Líamos, discutíamos, estudávamos, fichávamos cada parte, atentas a cada detalhe, e voltávamos para a sala de aula animadíssimas a fim de propor as atividades aos nossos alunos. Depois da leitura desse artigo, nunca mais olhei da mesma forma uma sala de aula. Em 1996, o livro foi traduzido e lançado no Brasil. Corri à livraria para comprar meu exemplar, que carrego comigo até hoje. As marcas - anotações, grifos, post-its, manchas de café, dedicatórias - que hoje fazem parte do meu exemplar são o testemunho das repetidas leituras realizadas nos últimos 14 anos. Aos poucos, fui me aventurando pelos outros artigos e me encantei ainda mais com a obra, fundamental para estudar e conhecer a didática da Matemática, já que os principais autores da área estão nela representados.

No capítulo Os Diferentes Papéis do Professor, o francês Guy Brousseau, pioneiro da didática da disciplina, fala sobre as diversas funções que um educador assume em diferentes momentos do desenvolvimento de uma sequência didática. Ele expõe conceitos fundamentais da teoria das situações didáticas, como situação adidática e devolução. O texto concentra muitas das ideias difundidas hoje não só no ensino da Matemática como também de outras disciplinas. Outros textos apresentam temas importantes, como o significado do cálculo mental.

Esse é, enfim, um daqueles livros que permitem nos defrontar com algo surpreendente a cada leitura.

Priscila Monteiro, autora desta resenha, é formadora do Instituto Avisa Lá, em São Paulo, e selecionadora do Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10.

 

Trecho do livro

"Então, se pretendemos que o uso da numeração seja realmente o ponto de partida da reflexão, se esperamos que seja efetivamente possível estabelecer regularidades, torna-se necessário adotar outra decisão: trabalhar desde o começo e simultaneamente com diferentes intervalos da sequência numérica. Deste modo, será possível favorecer comparações entre números (...) e promover conclusões."

 

 

Comentários
Publicado em NOVA ESCOLA, Edição 233, Junho/Julho 2010, com o título Saber embasado
Assine já a sua revista!
Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.