Revistas do mês
Nova Escola
Gestão Escolar
publicidade

Experiências sensoriais

Ao entrar em contato com diversos materiais, os pequenos descobrem texturas, formas e sensações

Atividade com massinha: feita de farinha, pode ir à boca

Atividade com massinha:
feita de farinha, pode ir à boca

Um passeio pela sala de Arte da Escola Teiamulticultural, em São Paulo, revela um mundo de materiais e cores de fácil acesso às crianças: tecidos, lãs, linhas, diferentes papéis, caixas, tampinhas, palitos, terra, isopor, canetinhas, tintas, massas, pincéis, tesouras, argila... Montar uma sala com essa diversidade tem como objetivo iniciar os pequenos na produção artística, explorando sensações, sentimentos e pensamentos por meio de experimentações. "Na escola, a criança tem a liberdade de criar, brincar, pesquisar e descobrir sem se preocupar com a roupa ou em esparramar material no chão. Afinal, isso faz parte e está previsto na exploração", explica Carmem Lazari, professora de Arte. O acesso a um universo rico em texturas, cores, volumes e contrastes indica às crianças a possibilidade de transformação, de reutilização e de construção de elementos e formas. É como se o professor dissesse: "Vai, o mundo é rico e interessante. Mexa, crie. Nada fica estático ao seu toque e olhar".

A seleção dos materiais que compõem o ateliê segue um planejamento e objetivos claros. "Descarto produtos tóxicos e que possam fazer mal à saúde das crianças, já que até os 3 anos é comum que eles levem tudo à boca", diz a professora. As massinhas comestíveis e tintas são elaboradas com pigmentos naturais, como os temperos açafrão e curry. R.B.

Sequência de atividades

1. PARA COMEÇAR, UM JOGO 

É importante saber, desde cedo, que a produção artística pode ter vida longa e ser apreciada pelo público - no caso, a comunidade escolar e os pais. Para quem tem até 3 anos, o processo é mais importante que o produto. Carmem apresenta diferentes materiais para o grupo, que toca a terra, cheira e experimenta temperos, como páprica e curry. Em seguida, todos misturam as substâncias com água e um pouco de álcool e observam a transformação. Por fim, eles escolhem as ferramentas (pincéis ou dedos) e deixam marcas em papéis. O movimento é o que mais interessa à criança nessa faixa etária.

2. OFICINA DE MARCENARIA 

Nessa fase é essencial ter contato com estruturas tridimensionais que permitam montar, desmontar, colar e justapor materiais. Sucatas sem nenhum atrativo visual viram caixas coloridas. Na turma de Carmem, gargalhadas e correria dão início à atividade. A professora transforma o papelão em um jacaré enorme. É importante também que elas empilhem, montem, desmontem e colem um ao lado do outro, mesmo que não façam nada figurativo, antes de construir um utensílio e enfeitá-lo com tecidos, EVA e papel crepom.

3. DANDO NOME ÀS OBRAS 

Ao mexer na massa, as crianças experimentam as transformações e a plasticidade do material. Elas adoram preparar a pasta, que vira minhoca e depois se transforma em pássaro ou em boneco. As formas vão aparecendo, e a elas são atribuídos diferentes significados. Todos misturam e amassam os ingredientes numa tigela. Depois, é só estimular a imaginação. Propositalmente, a massa deve ser ruim para que se acostumem com a idéia de que esta é para modelar, diferente da feita para fazer pão ou bolo.

Outra proposta 

ESCULTURA DE PAPEL


Uma opção de material para esculturas com crianças mais velhas é a massa de papel crepom, colorida e muito fácil de usar. Coloque um rolo de papel crepom em um balde com água suficiente para cobri-lo e deixe de molho durante uma noite. No dia seguinte, amasse bem e coloque mais água. Misture uma xícara dessa massa com 1/2 xícara de farinha de trigo e 1/4 de xícara de sal. Faça quantas medidas precisar. Sobre um papelão, amasse até que adquira a consistência adequada. As crianças devem usá-la molhada. Depois de secar, a peça pode ser pintada.

Fonte: O Livro dos Arteiros: Arte Grande e Suja!, Maryann F. Kohl, 139 págs., Ed. Artmed, tel. 0800-703-3444, 39 reais

Quer saber mais?

CONTATO
Escola Teiamulticultural, R. Lincoln Albuquerque, 312, 05004-010, São Paulo, SP, tel. (11) 3872-1035 

EXCLUSIVO ON-LINE

Assista a um vídeo ensinando a fazer massa de modelar em www.novaescola.org.br 

 
Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários

 

Publicado em , Abril 2007,
 Garanta já a sua revista! Assinaturas, edições impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patrocínio     Edições SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.