Revistas do mês
Nova Escola
Gest√£o Escolar
publicidade

Um cotidiano de imagens

No s√©culo XXI, a leitura e a interpreta√ß√£o de informa√ß√Ķes visuais s√£o conte√ļdos que precisam ser trabalhados desde a Educa√ß√£o Infantil

Pela manh√£, ao se arrumar para ir √† escola, o jovem coloca a roupa, escolhendo, entre as diversas op√ß√Ķes, a camiseta mais transada. A garota p√Ķe no cabelo v√°rias presilhas coloridas, enche-se de bijuterias e pega sua mochila com bordados aplicados e chaveiros pendurados, onde guarda os cadernos com capas multicoloridas. No caminho, ambos passam por outdoors, carros de diversos modelos, constru√ß√Ķes de estilos variados... Nos momentos de lazer, crian√ßas e adolescentes interagem com imagens em videogames e no computador, absorvem de maneira quase transcendental o que passa nas telas da televis√£o e do cinema, navegam diariamente na internet cheia de signos visuais. Nos livros, nas revistas e no celular... figuras, formas e cores desfilam √† sua frente.¬†¬†

As imagens, est√°ticas ou em movimento, chamam a aten√ß√£o, seduzem, hipnotizam e convencem os que as observam com inoc√™ncia. Vivendo na era da visualidade, os alunos s√£o capturados por elas, mas ser√° que eles analisam, interpretam e s√£o cr√≠ticos em rela√ß√£o a elas? Conseguem apreci√°-las como um produto da cultura contempor√Ęnea? E ao produzir as pr√≥prias pe√ßas visuais, ser√° que as enxergam como uma maneira de se expressar? As respostas para essas perguntas nem sempre s√£o positivas. Torna-se necess√°rio, ent√£o, conhecer uma nova gram√°tica: a que leva a crian√ßa a aprender a ler e a interpretar o c√≥digo visual usado nas artes, nas manifesta√ß√Ķes populares e na m√≠dia, assim como o que ensina a ler e a escrever palavras.

Nesse sentido, as artes visuais voltam a ocupar um lugar importante no curr√≠culo escolar, sendo vistas como uma parte do conhecimento constru√≠do pelo homem desde sempre. Em sala de aula, o principal objetivo √© articular cria√ß√£o, imagina√ß√£o e produ√ß√£o com a percep√ß√£o dos pr√≥prios trabalhos e a an√°lise de obras, assim como garantir acesso √† produ√ß√£o art√≠stica e est√©tica da humanidade. Ao fazer um desenho ou pintura, dar forma a um material bruto, captar imagens com uma c√Ęmera fotogr√°fica ou de v√≠deo e criar anima√ß√Ķes no computador, o artista expressa sua experi√™ncia de vida e sintetiza sentimentos, ansiedades e expectativas da √©poca em que vive, unindo conhecimentos e t√©cnicas a um estilo pessoal. Quem aprecia e analisa as produ√ß√Ķes se emociona, estabelece liga√ß√Ķes da obra com sua vida e se relaciona com ela de modo √ļnico, j√° que em Arte n√£o existe certo ou errado: ela permite as mais diversas interpreta√ß√Ķes e os mais diferentes sentimentos, dependendo de quem a v√™. A Arte convida para uma leitura do mundo e do ser humano, da pr√≥pria vida.

Ao garantir a presen√ßa constante das artes visuais no cotidiano dos estudantes, voc√™ os leva a superar aquele olhar "naturalizado" t√£o comum nos dias de hoje, aquele que n√£o interroga o que v√™. Um dos objetivos deste p√īster √© justamente fazer com que a turma conhe√ßa uma pequena parte dessa produ√ß√£o cultural e tente, por meio do levantamento de hip√≥teses e an√°lises, estabelecer m√ļltiplas conex√Ķes entre elementos dessa longa hist√≥ria.¬†¬†

"A grandeza da verdadeira Arte consiste em captar, fixar e revelarnos a realidade longe da qual vivemos, da qual nos afastamos cada vez mais √† medida que aumentam a espessura e a impermeabilidade das no√ß√Ķes convencionais que se lhe substituem, esta realidade que corremos o risco de morrer sem conhecer: a nossa pr√≥pria vida"¬†

Marcel Proust (18711922), escritor francês

Na escola 

Educação Infantil 

Na creche e na pré-escola, a criança precisa ser orientada a:

¬ē Manipular diferentes materiais, explorando as diversas possibilidades de uso.
¬ē Utilizar materiais gr√°ficos e pl√°sticos sobre diferentes superf√≠cies.
¬ē Interessar-se pela pr√≥pria produ√ß√£o, pela dos colegas e de artistas regionais, nacionais e internacionais.
¬ē Produzir desenhos, pintura, modelagem, colagem e constru√ß√£o, desenvolvendo o gosto pelo processo de produ√ß√£o e cria√ß√£o.

Ensino Fundamental 

O aluno de 1a a 8a série precisa aprender a:

¬ē Atribuir sentido √†s manifesta√ß√Ķes visuais do meio em que est√° inserido.
¬ē Compreender a imagem como elemento constitutivo da cultura contempor√Ęnea.
¬ē Conviver com produ√ß√Ķes visuais e suas concep√ß√Ķes est√©ticas, assim como valorizar e respeit√°-las.
¬ē Identificar os significados das formas visuais, as t√©cnicas e os procedimentos art√≠sticos das obras.
¬ē Observar, estudar e compreender diferentes produ√ß√Ķes.
¬ē Fazer registros visuais expressando id√©ias, emo√ß√Ķes e sensa√ß√Ķes por meio da po√©tica pessoal em trabalhos individuais e em grupo.
¬ē Saber utilizar fontes de pesquisa no mundo das artes.
¬ē Interagir com v√°rios materiais, sabendo us√°-los nas diversas experimenta√ß√Ķes.
¬ē Produzir desenhos, pinturas, colagens, gravuras, constru√ß√Ķes, esculturas, instala√ß√Ķes, fotografias, filmes, v√≠deos, meios eletr√īnicos, design, artes gr√°ficas e outros em diversos espa√ßos.
¬ē Apreciar as formas visuais presentes nos trabalhos dos colegas e dos artistas em geral.
¬ē Conhecer e ler as diversas imagens fotogr√°ficas, cinematogr√°ficas, impressas, televisivas e digitais.
¬ē Descobrir, observar e criticar elementos e formas visuais na configura√ß√£o do meio ambiente constru√≠do.¬†

Fonte: Par√Ęmetros Curriculares Nacionais

Quer saber mais?

Bibliografia 

¬ē Arte ao Redor do Mundo (quatro volumes), Antony Mason, 48 p√°gs. cada, Ed. Callis, tel. (11) 30685600, 23 reais cada volume
¬ē Arte Brasileira (cinco volumes), Percival Tirapeli, 80 p√°gs., Cia. Ed. Nacional, tel. (11) 60997799, 23 reais cada volume
¬ē Arte Brasileira para Crian√ßas, Marilyn Diggs Mange, 80 p√°gs., Ed. Martins Fontes, tel. (11) 32598836, 24,50 reais
¬ē Arte e Sociedade no Brasil (tr√™s volumes), Aracy Amaral e Andr√© Toral, 48, 56 e 48 p√°gs., Ed. Callis, 23 reais cada volume
¬ē Como Usar o Cinema na Sala de Aula, Marcos Napolitano, 249 p√°gs., Ed. Contexto, tel. (11) 38325838, 35 reais
¬ē Conex√Ķes! Arte, Caroline Grimshaw, 32 p√°gs., Ed. Callis, 15 reais
¬ē Cultura Visual, Mudan√ßa Educativa e Projeto de Trabalho, Fernando Hernandez, 262 p√°gs., Ed. Artmed, tel. 08007033444, 44 reais
¬ē Descobrindo a Hist√≥ria da Arte, Gra√ßa Proen√ßa, 248 p√°gs., Ed. √Ātica, tel. 0800115152, 54,90 reais
¬ē Did√°tica do Ensino de Arte - A L√≠ngua do Mundo, Mirian Celeste Martins e outros, 197 p√°gs., Ed. FTD, tel. (11) 32535011, 61,70 reais
¬ē Explicando a Arte: Uma Inicia√ß√£o para Entender e Apreciar as Artes Visuais, J√ī Oliveira, 152 p√°gs., Ed. Ediouro, tel. (21) 38828416, 54 reais
¬ē Inquieta√ß√Ķes e Mudan√ßas no Ensino de Arte, Ana Mae Barbosa (org.), 184 p√°gs., Ed. Cortez, tel. (11) 38737111, 24 reais
¬ē O Livro de Arte Para Crian√ßa, Amanda Renshaw (org.), 80 p√°gs., Ed. Artmed, 68 reais
¬ē O Que √Č Fotografia (Col. Primeiros Passos), Claudio Kubrusly, 110 p√°gs., Ed. Brasiliense, tel. (11) 61981488, 16 reais
¬ē O Que √Č Graffiti (Col. Primeiros Passos), Celso Gitahy, 86 p√°gs. Ed. Brasiliense, 16 reais
¬ē Para Gostar de Aprender Arte - Sala de Aula e Forma√ß√£o de Professores, Rosa Iavelberg, 128 p√°gs., Ed. Artmed, 36 reais
¬ē Pequena Viagem pelo Mundo da Arquitetura, Hildegard Feist, 88 p√°gs., Ed. Moderna, tel. 0800172002, 36,50 reais

Compartilhe

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Coment√°rios

 

Publicado em , Abril 2007,
 Garanta j√° a sua revista! Assinaturas, edi√ß√Ķes impressas e digitais

Assine suas revistas impressas ou digitais!

Compre suas revistas digitais e e-books!

Nova Escolar
  Patroc√≠nio     Edi√ß√Ķes SM

Fundação Victor Civita © 2013 - Todos os direitos reservados.